Rua Barão de Paranapiacaba, 93 – Salas 42 a 44 – Centro, São Paulo – SP

(11) 3241-0208 / 3101-7721/  95337-3364

“Mais que presentear, nossas joias transformam breves momentos em lembranças eternas!”

dicas

Diamante ou Brilhante?

Você já deve ter ouvido alguma vez, principalmente em situações de casamento, aniversário ou formaturas, que alguém foi presenteado com uma joia “de brilhantes”. A confusão acontece porque essas 2 palavras (diamante e brilhante) foram suprimidas em uma mesmo significado, o que faz as pessoas não saberem a real expressão de cada um, por não estar habituados no mundo das joias.

Vamos tentar explicar de uma forma resumida e prática a diferença entre eles. Diamante é a pedra propriamente dita, a palavra vem do grego, de adamas e significa invencível, relaciona-se à característica de incomparável dureza que essas pedras valiosas apresentam. São duras referindo a resistência de riscos, e não garante durabilidade em relação ao choque/impacto.

Agora vamos falar do brilhante, essa é uma forma de lapidação da pedra. A lapidação brilhante é considerada perfeita, pois exibe 57 ou 58 facetas harmônicas e simétricas. É ela, ainda, que detém os melhores resultados em termos de brilho e dispersão em estudos de comportamento da luz.

De uma forma simplicada: “Diamante” é uma pedra, e “brilhante” é o nome dado a um estilo específico de lapidação.